Como usar as lâmpadas LED? O arquiteto Rafael Serradura explica

Como usar as lâmpadas LED? O arquiteto Rafael Serradura explica
O que significa led?
 
Trata-se de um diodo semicondutor que, quando energizado, emite luz visível. A sigla vem do inglês, light emitting diode. O led foi criado em 1962, inicialmente na cor vermelha, e hoje o encontramos em TVs, computadores, relógios digitais, rádios, semáforos, lâmpadas, luminárias etc.
 
Por que ele pode ser considerado sustentável?
 
Estudiosos dizem que o led é a tecnologia do futuro pela sua variedade de aplicações e por ser sustentável. Uma lâmpada de led gera uma economia entre 75 e 95% no consumo energético em relação às halógenas. Também vale ressaltar sua durabilidade, que costuma atingir 10 anos de vida útil, dependendo de onde está aplicado. É uma opção excelente para o retrofit, pois tem menor consumo e não irá sobrecarregar a carga elétrica.
 
Como usá-lo?
 
Deve-se ter cuidado, pois a má utilização pode estragar o projeto. Não basta substituir uma lâmpada dicroica por uma de led, pois os fluxos luminosos são diferentes e você pode criar espaços claustrofóbicos com um grande desconforto visual. O led está evoluindo, mas ainda não é referência de luz como uma lâmpada dicroica, por exemplo, e é egoísta em sua aplicação. Isso porque não resiste a outra fonte luminosa que concorra diretamente com sua luminosidade – o led some se isso acontecer. Além disso, ainda não atinge o IRC [Índice de Reprodução de Cor] de 100%, como uma lâmpada halógena ou uma incandescente, o que pode ser um problema em cozinhas, que pedem maior fidelidade de cor no preparo dos alimentos.
 
Dentro de casa, onde usar luminárias de led?
 
Elas trabalham com perfeição na iluminação cênica. Podem ser aplicadas em jardins, lavabos, quartos, halls, área da banheira, enfim, em espaços especiais, para contemplar e descansar.
Voltar